Novidades e Notícias sobre Alimentação Saudável e Saúde

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Rua Eng. Enaldo Cravo Peixoto,105 sl 608 Tijuca | RJ 

Av. Imperatriz Leopoldina, 957 sl 2412 | SP

Tel.: (21) 3989.5087 | (21) 99788.8815

©2016 por Clara Fonseca.

Óleo de Coco Faz Mal?

June 10, 2017

 

 

MITO 4 - Óleo de coco faz Mal! Uns meses atrás teve essa polêmica do óleo de coco, faço das palavras da nutri Karen as minhas.


"{Sobre a reportagem "encomendada" sobre o Óleo de coco na Folha de S Paulo de hoje}

Minha visão sobre o óleo de coco? A indústria de óleo de soja e dos óleos refinados estão perdendo mercado, aí vem com essa história de que o óleo de coco não traz benefícios... há estudos inúmeros, randomizados, mostrando que o óleo de côco reduz a circunferência abdominal, reduz trigliceridios, aumenta atividade da HDL e reduz a inflamação.

Que vergonha esta publicação! O óleo de coco não é novo, sempre foi considerado gordura saturada. O óleo de coco contém ácido láurico, com ótimo efeito contra micro-organismos patogênicos, incluindo bactérias, vírus, fungos e protozoários, ao se converter em monolaurina dentro do corpo. E age contra a cândida, giárdia, Helicobacter pylori, dentre outros. É fantástico prescrevê-lo e ver o paciente melhorar com ele.

E antes que você me pergunte, te respondo: Sim, o óleo de coco é uma gordura saturada, aquela considerada ruim para o coração, quando consumida em altas quantidades. Mas nem todas as gorduras são iguais e o óleo de coco é uma exceção à regra das gorduras saturadas.

Ele é saturado, mas não é aterogênico, conforme mostram alguns trabalhos, não favorece o entupimento das artérias (diferente do consumo de gorduras aparente de carnes, da manteiga, etc.

Eu particularmente não prescrevo para pacientes com hipercolesterolemia ou em risco para desenvolver algum problema cardiovascular.

Acontece que diante de tantos tratamentos em consultório com ele, é frustrante observar o ataque, (que sempre foi a melhor defesa) quando as grandes indústrias de gêneros mal-alimentícios e farmacêuticos perdem parte de seus clientes e logo procuram uma forma pra arranhar a imagem de seus fortes concorrentes.

Eu aguardo o momento em que iremos falar mais sobre o que realmente importa e realmente faz mal, que tal?? A bolacha recheada com creme de gordura entope-artéria da criançada, o danoninho disturbio-de-atenção lotado de aditivos e xenobióticos pré-obesidade (...)"

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

Please reload

Arquivos