Esclerose Múltipla e a Alimentação

March 5, 2019

 

 

A Esclerosa Múltipla (EM) é uma doença autoimune que ataca o sistema nervoso central: cérebro, medula espinhal e nervos ópticos.
Resolvi fazer esse post por conta de alguns casos de EM que tenho recebido aqui no consultório.
.

O que a Nutrição pode fazer por você? Assim como nas outras doenças autoimunes seguimos um planejamento onde retiramos o glúten, leite e seus derivados, reduzimos (ao máximo) o açúcar. Além é claro de pensar em retirar da rotina os clássicos que prejudicam nosso sistema imunológico, intoxicam nosso organismo prejudicando o funcionamento adequado: embutidos, alimentos altamente processados, cheios de glutamato monossódico, adoçantes artificiais, corantes e conservantes.
.

Introduzir e incluir a boa e velha COMIDA DE VERDADE!
.

Na EM existem alguns nutrientes que precisamos dar mais atenção: Zinco (castanhas), Ômega 3 (linhaça, chia, sardinha), Vitamina E (azeite, nuts, abacate), Vitamina D (atum, sardinha, ovos), B6 (ovos, grãos, atum), B12(carne vermelha, ostras, frango, ovos e peixes), Ácido Fólico (brócolis, espinafre, ovos, cogumelos), Magnésio (tâmara, amêndoa, semente de girassol, folhosos verde escuro, abacate). Além de Nutrientes específico para cada pessoa. Os nutrientes acima conseguimos através de uma alimentação saudável e diversificada, muitas vezes precisamos suplementar, dar uma atenção maior para o intestino/flora intestinal (em quase 100% dos casos observamos um desequilíbrio
na flora intestinal) e desintoxicar ~ vemos muito o excesso de metais pesados: chumbo, alumínio, mercúrio e etc interferindo na saúde e melhora dos sintomas. O atendimento multidisciplinar (como em todas as doenças autoimunes) é extremamente essencial!

 


. ***FELICIDADE FAZ PARTE DA DIETA***

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

01/02/2020